Resenha: The Thirty List – Eva Woods

Não sei se vocês costumam ler livros em inglês. De vez em quando, eu gosto de dar uma “desenferrujada” no meu inglês lendo livros também. Eu sempre aprendo alguma palavra ou expressão nova, o que é bem legal. Mas, se não é o seu caso, eu realmente espero que venha uma tradução em português (BR) do livro que vou falar hoje.


O escolhido da vez, como vocês puderam ver pelo título do post foi The Thirty List, da escritora Eva Woods.

P_20180826_081114_vHDR_On

Sinopse:

Rachel está com 30 anos de idade e acaba de passar por um processo de divórcio. Como se já não fosse fácil seguir em frente depois de 10 anos com o mesmo cara, ela também está desempregada e sem dinheiro para alugar uma moradia decente. Sim, além de tudo, ela se vê obrigada a deixar a casa que ambos compraram juntos, porque não tem condições financeiras de levar adiante a hipoteca sozinha.

Nessa vibe bem ruim, pós-divórcio, sua amiga Emma sugere que ela cumpra uma espécie de lista, com 10 desafios, com o objetivo de abraçar a vida, curtir o momento, e, claro, “sair da fossa”. E tudo bem por Rachel, porque ela sempre adorou fazer listas. Também, para resolver a questão da moradia, Emma lhe envia um e-mail com um anúncio, em que o dono do imóvel procura alguém para cuidar da casa e do cachorro nos momentos em que ele estiver ausente — e, a melhor parte, sem cobrar aluguel para morar num quarto da casa.

Será que Rachel irá cumprir a sua lista com as 10 tarefas impostas por Emma? E o que esperar dessa moradia em troca de algumas obrigações cotidianas?


Minhas Impressões

P_20180826_081144_vHDR_On

Primeiro, devo dizer que a escolha por esse livro foi pelo título, que traduzindo seria algo como “A lista dos 30”. Quem me conhece, sabe que daqui a alguns dias farei 30 anos, então, sim, o nome do livro me pegou, mais a sinopse que dizia: “todo mundo tem uma. Aquela lista. As coisas que você supostamente deveria fazer antes de completar 30 anos”. Eu queria ver o que estava na lista de Rachel. Não porque esteja passando por uma crise dos 30 hahaha, mas por pura curiosidade, e porque também adoro listas.  Aliás, ao longo do livro, você irá encontrar várias delas. Eva Woods praticamente termina cada capítulo com alguma lista, já que Rachel a todo momento se utiliza delas para descrever como está se sentindo.

O ponto forte desse livro, sem dúvida, é o humor. Fazia tempo que não ria tanto lendo um livro. Tudo bem que também fazia tempo que não escolhia um livro mais light para ler (desde junho), mas esse livro é como aqueles filmes deliciosos de comédia romântica que a gente ri muito assistindo, sabe?

Gostei imediatamente de Rachel, porque ela realmente tem esse [bom] humor vivo dentro dela; mesmo com o mundo ao seu redor desabando, ela não perde a piada. Outra qualidade da protagonista é certamente a postura dela em relação às pessoas. Tudo bem, realmente, de vez em quando, todo mundo é obrigado a aguentar alguns comentários desagradáveis e deixar pra lá, e Rachel faz isso mesmo, porque às vezes não adianta fazer nada a respeito, né? Mas ela não deixa por menos quando um homem faz um comentário completamente machista, porque ela não é obrigada a aturar tanto assim também!

Além de toda a comédia, o livro também tem passagens muito fofas, e algumas até de partir o coração, principalmente se você tem filhos pequenos, está pensando em ter filhos ou mesmo só adora crianças. E o resultado disso tudo é uma leitura muito divertida, gostosa, mas também com um toque de drama (e pergunta se eu chorei. Claro).

P_20180826_081057_vHDR_On

No final das contas, a lista em si de Rachel, que foi a isca que me atraiu para o livro, nem foi o mais interessante. Claro que, o enredo segue principalmente com ela tentando cumprir as tarefas, e as coisas vão acontecendo ao longo dessa “check-list”. E é exatamente isso que é o mais interessante: como a história se desdobra através dos itens da lista a serem cumpridos, oportunizando a excelente interação entre os personagens, os pensamentos de Rachel e acontecimentos ora cômicos, ora sérios e ora dramáticos, e todas as coisas da vida real que acontecem e são muito bem descritos por Eva Woods, com muitos altos e baixos e reviravoltas que a vida dá.

Então, independente de você estar perto de completar 30 anos ou não, se você é casada(o) ou não, se você tem filho(s) ou não, esta é , sem dúvida, uma leitura muito boa, muito leve e descontraída. Bem do tipo que eu estava precisando para relaxar um pouco, não só para chegar aos 30 calma, mas também com bastante humor e, sim, uma pitada de reflexões para a vida, dentre elas, cito a frase de Rachel que mais gosto do livro:

If you can’t go back, then you have to go forward.

“Se você não pode voltar atrás, então você precisa seguir em frente” (tradução livre).


Eva Woods é uma escritora irlandesa, atualmente residindo em Londres, onde também dá aulas de escrita criativa, além de, claro, escrever. The Thirty List é sua primeira comédia romântica, e espero sinceramente que venham outras.


Informações adicionais sobre o livro:

Capa comum: 400 páginas

Editora: Mills & Boon; Edição: 1ª edição (18 de junho de 2015)

ISBN-10: 0263915336 – ISBN-13: 978-0263915334

Idioma: Inglês

4 comentários Adicione o seu

  1. Monica disse:

    Enquanto lia o post, fiquei imaginando as cenas … mas não sei se daria conta de ler um livro inteiro em ingles. Posso tentar, claro, mas acho que muitos detalhes escapariam …

    Curtir

  2. Oii Mei.
    Eu quase nunca leio livros do gênero, mas acho fantástico quando os autores conseguem dar drama e uma pitada de pensamentos a obra. Faz tudo valer pena. Ainda estou longe dos trinta, mas certas lições podemos aprender desde cedo. Amei de mais sua dica.
    Beijos.

    Blog: Fantástica Ficção

    Curtido por 1 pessoa

    1. meisauedaoh disse:

      Oi Jessy. Então, eu tbm quase não leio livros do gênero, mas esse valeu a pena ❤️❤️❤️

      Curtir

  3. Memórias ao Vento disse:

    Republicou isso em Memórias ao Vento.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s