Ecos – Pam Muñoz Ryan

Ecos, da escritora norte-americana Pam Muñoz Ryan traz três histórias paralelas que se unem por uma mesma paixão em comum: a música.

As três histórias compartilham, ainda, de um mesmo misterioso objeto, cuja aventura começa há 50 anos antes da Primeira Guerra Mundial, quando um garoto chamado Otto compra um livro de uma cigana, a qual lhe entrega junto uma gaita de boca marcada com a letra M.

P_20171229_093045_vHDR_Auto

Certo dia, Otto está brincando então com seus amigos de esconde-esconde, e, decidido a ser vitorioso na empreitada, vai se esconder na Floresta Negra, mesmo sabendo que a entrada é proibida, sobretudo para crianças. Ele escuta sua amiga contando até 100, e tem certeza de que ainda pode ver a saída da Floresta.

Escondido, Otto começa a ler seu livro recém-adquirido, enquanto as buscas pelos colegas começam, aguardando tempo suficiente para que pudesse voltar e surpreendê-los sendo o último a aparecer.

O livro que Otto lê conta o triste destino de três irmãs nas garras de uma bruxa que lhes impõe árduas tarefas domésticas, embora elas fossem apenas crianças. Um dia, a bruxa lhes chama de ingratas e lança um encantamento sobre as três irmãs e as abandona numa floresta.

P_20171229_093128_vHDR_Auto

Quando deu por si, porém, Otto havia ficado tão absorto no livro que se esqueceu da brincadeira. Alvoroçado, resolveu voltar, pois certamente seus amigos já estariam preocupados com seu longo sumiço.

Andando em círculos, Otto percebe, entretanto, que não sabe mais o caminho de volta para fora da Floresta Negra, e, perdido, acaba encontrando justamente as três irmãs do livro que estão presas na Floresta. Elas prometem ajudar Otto a sair da Floresta Negra se ele, em troca, prometer libertá-las do encantamento. A importância da misteriosa gaita de boca é enfim revelada ao garoto: o espírito das três irmãs irá ser carregado dentro do instrumento musical, e assim, as irmãs poderão se ver livres, quando finalmente conseguirem salvar a vida de uma pessoa.

No decorrer dessa linda narrativa, a gaita irá percorrer um longo caminho, passando pelas mãos de três crianças muito talentosas e apaixonadas pela música. E aí que temos as três histórias paralelas que falei acima.

P_20171229_093319_vHDR_Auto

Na primeira história temos o cenário dos primórdios da Alemanha nazista, com o corajoso menino Friedrich, que terá sua própria batalha a enfrentar; na segunda história temos dois irmãos órfãos, Mike e Frankie, na Pensilvânia – Estados Unidos de 1935, que juntos terão de buscar um verdadeiro lar; e, na terceira, já dentro do contexto da Segunda Guerra Mundial, temos a pequena Ivy Maria, no sul da Califórnia, também nos EUA, que terá de sozinha juntar as peças para lidar com a questão do segregacionismo dos mexicanos-americanos e o ódio aos japoneses-americanos.

P_20171229_093408_vHDR_Auto

O livro tem capítulos bem curtos, de 3 a 6 páginas. As consequências disso são bastante interessantes, e demonstram a habilidade de Muñoz Ryan para a escrita. Essa escolha por breves capítulos gera reviravoltas rápidas e repentinas, criando-se sempre um clima de suspense que, magistralmente, só termina ao final do livro, deixando o leitor totalmente preso à narrativa.

P_20171229_093444_vHDR_Auto

Apesar de ser um livro infanto-juvenil – que inclusive recebeu prêmios nesse sentido (Newbery Honor Book) –, alguns temas ainda muito atuais e sérios são tratados no livro, tais como o multiculturalismo, a ideia de pertença a algum lugar/nação/país, o preconceito e o racismo, etc., tornando-o uma leitura imprescindível para crianças, jovens e adultos. Para crianças, por criar a empatia na questão das diferenças étnicas e culturais, para jovens e adultos, para que sempre se lembrem de que são o maior exemplo das crianças que criamos ao mundo.

Ecos é um livro muito emocionante, de deixar os o leitor com olhos marejados e o coração apertado inúmeras vezes, pelo menos se for alguém emotivo como eu.

P_20171229_093539_vHDR_Auto

As três histórias são emendadas pelo tom de conto de fadas, o que embasa também, creio eu, a escolha por capítulos bem curtos, mas discordo que seja um conto de fadas “dark”, como o livro é anunciado. Pois o vejo como um livro que enche e renova o ser humano de esperanças, sendo muito bonito, mostrando ao leitor o poder e a beleza da música*, a inocência, sinceridade e bravura das crianças que são nossos verdadeiros heróis.


Informações adicionais do livro:

Capa dura, 368 páginas

Editora: Darkside; Edição: 1ª (27 de julho de 2017) – Brasil

Título original: Echos –  pela Scholastic Press; 1ª edição (24 de Fevereiro de 2015)

ISBN-10: 859454040X – ISBN-13: 978-8594540409


 

*Dica: Por ser este um livro que prestigia o poder da música, aproveite e tire um tempo para apreciar um pouco das canções mencionadas ao longo da narrativa. Nem sempre você encontrará no YouTube versões em gaita, mas é o suficiente conhecê-las e entender principalmente as introduções da história de cada uma das crianças.

2 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s