On Reading – Steve McCurry, um tributo à leitura

Os amantes de fotografia e de livros têm uma obra para caírem de amores juntos: “On Reading”, o livro de fotografias do célebre Steve McCurry.

Bom, conforme prometido no último post, aqui vou falar um pouco melhor desse livro maravilhoso!

P_20180105_090740_vHDR_Auto
Foto: Divulgação

O livro foi lançado pela Phaidon Press em outubro de 2016. Comecei a vê-lo pelas livrarias aqui no Brasil em agosto de 2017, mas realmente desconheço desde quando é possível encontrá-lo. Provavelmente há algum tempo antes de eu pôr os olhos pela primeira vez nesse livro incrível.

Eu confesso que entendo praticamente zero de fotografia. Mas, penso que, como muitas coisas na vida, não é necessário entender para apreciar. Ou você sabe, por exemplo, cozinhar todas as comidas que você mais adora? Com artes em geral, eu acredito que funciona da mesmíssima forma. Claro que entender dá uma outra dimensão, né? Potencializa, fomenta e fornece uma perspectiva completamente diferente. E ganha mais quem sabe mais.

Mas, enquanto meus parcos conhecimentos sobre o assunto vão sendo expandidos pelas pessoas próximas a mim que gostam de  fotografia e são curiosas o bastante para aprenderem algumas técnicas, como meu marido e minha cunhada, e também por pessoas que realmente se dedicam à essa arte, como meu querido irmão Thomas – que aliás, é fotógrafo (vou deixar o link para o site dele aqui) –, eu me dedico a contemplar o que agrada a meus olhos, àquilo que faz o coração bater um pouco mais forte, a pele arrepiar, os lábios sorrirem.

E foi exatamente esse sentimento que tive ao descobrir o livro “On Reading”. Minha reação foi de pensar: “é sério que tem um livro de fotografia sobre o ato de ler, e é de um fotógrafo desse calibre?!”. Pois é. Os amantes de livros talvez compreendam meu entusiasmo.

P_20180105_090824_vHDR_Auto
Foto: Divulgação – à esquerda, Old Delhi, India –  p. 2

Finalmente, depois de 5 meses namorando o livro, eu o adquiri, feliz da vida.

Nele, Steve McCurry registra pessoas de diferentes partes do mundo onde esteve absortas em suas leituras. De livros, cadernos, jornais. É uma verdadeira celebração e homenagem à arte de ler. Sim, porque ler é uma arte. Pelo menos é assim também que Paul Theroux, autor premiado que abre o livro de fotografia com um ensaio introdutório, entende.

P_20180105_090929_vHDR_Auto
Foto: Divulgação

Para Theroux, ler é coisa séria. Pessoas que leem raramente se sentem sós ou entendiadas. Mas ler requer um esforço mental, uma habilidade de concentração, uma curiosidade e inteligência vivaz e uma maestria na solidão que a maioria das pessoas não está disposta a ter. Não é uma questão de que aqueles que leem são superiores aos que não leem. Para ele, é muito simples: existem pessoas que leem, e as que não leem, seja porque não sabem, seja por outro motivo. O fato é que a maioria não lê.

P_20180105_090849_vHDR_Auto
Foto: Divulgação – Real Gabinete Português de Leitura, Rio de Janeiro, Brasil – p. 6

Mas, para os que leem, fica o conforto desta obra magnífica. Theroux diz que ler é um refúgio e uma iluminação, e que às vezes essa sabedoria é até visível, mas que, para ele há sempre algo reluzente no rosto de uma pessoa durante o ato da leitura.

E são essas impressões: o refúgio, a luminosidade, o domínio da solidão, que enxergo no olhar concentrado, na postura entretida e no fascínio das pessoas capturadas pelas lentes de Steve McCurry. As fotos despertam no espectador algo correspondente à própria sensação apaixonada de ler. São fotos encantadoras e geniais. Já elegi minha favorita,  abaixo, mas confesso que foi bem difícil:

P_20180105_191552_vHDR_Auto
Foto: Divulgação – Rome, Italy – p. 21

Se um dia você tiver a oportunidade de folhear este livro, tenha sempre em mente esta minha pergunta: como não se deixar seduzir pela arte de viajar sem sair do lugar e de se sentir acompanhado, mesmo quando se está completamente só? 

Você pode não saber a resposta. Mas aposto que as pessoas fotografadas no livro saberiam respondê-la.

Com este livro, então, Steve McCurry homenageia a obra, homônima, do fotógrafo André Kertész, cujas fotos mais intrigantes para Steve McCurry eram justamente de pessoas lendo, tiradas dentro de um período de 50 anos, e posteriormente reunidas no livro “On Reading”, publicado em 1971. Com certeza, uma bela homenagem.


Informações adicionais:

Capa dura, 144 páginas

Idioma: Inglês

Editora: Phaidon Press; Edição: 01 (3 de outubro de 2016)

ISBN-10: 071487129X – ISBN-13: 978-0714871295

 

2 comentários Adicione o seu

  1. Monica disse:

    As lentes dos fotografos captam a poesia do coraçao!!!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s