Solo Raso – Sandro Muniz

Um dos últimos livros lidos em 2020 foi um nacional bem diferente de tudo que já li. E digo isso levando em conta tanto literatura gringa quanto brasileira mesmo.

Em “Solo Raso”, de Sandro Muniz, nos deparamos com um protagonista arqueólogo, Pedro Gilmar Sacks, que, a fim de continuar tendo sua fonte de renda, e pensando no bem de sua família, aceita ser enviado para uma ilha de nome desconhecido, longe de sua filha e de sua mulher. Para piorar, na ilha não há a menor possibilidade de falar pelo celular, já que não há sinal algum, e o único orelhão existente está depredado, sem o telefone! A sensação de isolamento, portanto, não poderia ser maior. Mas o que é ruim pode sempre piorar, certo? Além de toda a angústia da separação de sua família e de se sujeitar a tal distanciamento justamente pensando em bem provê-la, há algo misterioso acontecendo na ilha, e com a qual sua população parece não se importar.

Embora essa falta de sintonia com os habitantes locais torne ainda mais difícil a vida sozinho, sua curiosidade passa apenas a aumentar. Ainda bem que nessa empreitada ele irá ganhar uma companheira de trabalho que o ajudará a desvendar os mistérios: por que há barulhos de explosão nas florestas da ilha? E por que tantas mulheres nela desaparecem?

Comecei a ler o livro sem grandes expectativas, mas quando vi, não queria mais largar. Se a curiosidade de Pedro crescia, a minha a acompanhava lado a lado.

A escrita de Sandro Muniz é agradável, com capítulos curtos que tornam a leitura bem rápida e com digressões ao longo de toda a narrativa que me pareceram uma boa alternativa para inserir informações paralelas sem, no entanto, torná-la cansativa.

A história conta, ainda, com um protagonista cativante e uma trama envolvente que foge da dinâmica do suspense convencional ao se inspirar num recorte de jornal da época da Segunda Guerra.

Quem está atrás de um suspense bem diferente e quer prestigiar a literatura nacional, fica essa minha indicação.


Dados Técnicos do Livro:

Formato : eBook Kindle
Autor: Sandro Muniz
Publicação independente (14 de outubro 2019)
Número de páginas : 190 páginas – Tamanho do arquivo : 5468 KB
ASIN : B07Z5CJGVS

Edição adquirida através do site Amazon do Brasil

1 comentário

  1. Interessante o livro!!!
    As razões que levam alguém a distanciar da família, dos filhos são inúmeras …
    Nem sempre, essas razões são compreendias/entendidas.
    Todavia, é preciso coragem, muita coragem, bem como consciência das consequências para concretizar tais razões.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s