Eu disse que voltava – Maria Angélica Constantino

Antes de falar do livro propriamente dito, queria destacar que eu nunca havia ido a um lançamento literário até então. Mas fui convidada pela própria autora, Maria Angélica, pelo Instagram e eu já estava com a meta de ler algum livro dela este ano, dentro da minha proposta de ler mais livros nacionais em 2019. Me pareceu uma oportunidade imperdível, e então, lá fui eu ao evento, com apenas a minha enorme timidez como companhia.

P_20190912_190500 (1)
Maria Angélica esbanjando carisma

O lançamento foi incrível, com direito a docinhos, petiscos e até champagne! Quem não foi, sinto muito, perdeu! Além disso, foi um enorme sucesso. Eu cheguei relativamente cedo, então fui uma das primeiras a conseguir o autógrafo (muito embora, creio eu que já haviam passado algumas pessoas por lá antes do horário divulgado). Fato é que não parava de chegar gente, e eu entendo toda essa comoção. Maria Angélica é uma escritora que conquista os leitores tanto pela literatura quanto pelo seu jeito espontâneo e super simpático.

Lembro-me que no dia do lançamento ela disse, depois de alguma brincadeira de uma amiga sua que estava lá prestigiando o evento, algo como “Depois me perguntam por que eu escrevo comédia. Com amigas assim, só podia!”. Pode até ser, mas eu penso que, com uma vibe como a dela, naturalmente engraçada, divertida e carismática, realmente, só poderia escrever histórias igualmente divertidas.

P_20190912_194158
A melhor dedicatória!

Assim, é vestindo a camisa (ok, camiseta), literalmente, que eu venho falar hoje do livro Eu disse que voltava para vocês.

_DSC8862


Sinopse:

A costureira Gabriela tentou seguir em frente, mas volta e meia seus pensamentos estavam num certo garçom que ela conheceu em Portugal aos 8 anos de idade. Tomada por uma paixão infantil, prometeu que um dia voltaria para revê-lo.

Anos depois, após uma série de eventos em que perde literalmente tudo, recebe de seu melhor amigo Sammy – que vive um conflito com sua sexualidade, sem sentir acolhimento para expor isso aos pais – a proposta de se passar por sua noiva e de juntos irem em busca de uma oportunidade para recomeçar. Justo onde? Portugal!

Embora relutante a princípio, ela topa e encaixa nos planos uma amiga, Rapha. Esse trio viverá fortes emoções: Gaby procurando se reconciliar com o passado, Sammy em uma busca profunda de si mesmo e Rapha tentando encontrar seu lugar no mundo.

Em tempos de extremo, uma história como esta, cheia de humor e leveza, nos ensina que a delicadeza de amar é capaz de ultrapassar as mais intransponíveis barreiras.

P_20190913_100915_1


Minhas impressões sobre o livro:

Você pode até querer se deliciar com um vinho Esporão enquanto curte a leitura de Eu disse que voltava em alto estilo, mas garanto que se sua preocupação é ter boas horas de entretenimento garantidas, pode ficar tranquilo que não é preciso teor alcoólico algum para saborear essa história.

Ao ler o livro, houve muitos momentos de risadas, de tensão, de raiva, mas também de lágrimas. Eu disse que voltava é desses livros que eu chamo de “completos”, com uma trama super envolvente e que trazem, em meio a gargalhadas e levezas, temas muito sérios e importantes.

P_20190913_101522_1

Os personagens cujos arcos dentro do enredo considero os melhores são da própria protagonista, Gaby, e de seu amigo Sammy. Gaby se mostra uma mulher forte, mas também muito impulsiva, e às vezes eu queria entrar no livro para segurá-la. Mas é justamente essa impulsividade que lhe dá autenticidade, que é um atributo que eu admiro muito nas pessoas, sobretudo se essa autenticidade se guia por princípios como amor, lealdade e justiça. Sammy, o melhor amigo de Gaby, tem o arco que mais me corta o coração.

A narrativa é super fluida, e é deliciosa a experiência de ler algo que oscila entre a oralidade portuguesa e a brasileira, o que às vezes também rende muitas gargalhadas.

P_20190913_101626_1

Não sei se você é do tipo que lê o livro desde a dedicatória até os agradecimentos, mas eu sou, e achei super legal saber que a história fictícia se iniciou com um episódio que realmente aconteceu! Também adorei os agradecimentos ao Rafael e Matheus do @londrinando, que, aliás, se você não conhece, super recomendo que siga o IG deles, independente se você é de Londrina ou não.

No mais, ficam as minhas mais sinceras recomendações da leitura deste livro, que espero que extrapole os contornos londrinenses e ganhe o Brasil e o mundo!


 

Informações adicionais sobre o livro:

Capa comum: 284 páginas

Editora: Novo Século (setembro, 2019)

ISBN: 9788542813678

 

4 comentários Adicione o seu

  1. Aya Kusanagi disse:

    Gostei muito da sinopse e sua resenha me deixou bastante interessada por essa leitura. Vou procurar o livro e espero gostar assim como gostei de saber a sua opinião sobre ele.

    Curtir

  2. Que legal participar de um lançamento e ainda mais sendo convidada pela própria autora. Não costumo ler comédias, acho que preciso me aventurar por novos gêneros literários. 🙂 🙂 ♥♥

    Curtido por 1 pessoa

  3. Monica disse:

    Sua resenha aguça a vontade de ler o livro e conhecer a autora .

    Curtido por 1 pessoa

    1. Isa Ueda disse:

      E beber um vinho hahaha

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s