A Vida Não é Útil – Ailton Krenak

Depois de ter lido “Ideias para Adiar o Fim do Mundo” e “O Amanhã não está à venda”, me convenci de que tudo que Ailton Krenak publicar vou querer ler. E foi assim que cheguei à leitura de “A Vida não é útil”. Assim como as duas outras publicações, este é uma adaptação de palestras/entrevistas e/ou lives dadas por Krenak. Dessa forma, ainda que adaptadas para textos, a oralidade deixa sua marca no livro. Aqui, encontramos inclusive o texto de “O Amanhã não está à venda”, razão pela qual até fico mais aliviada por não ter feito uma resenha à parte para ele. E, sinceramente, esse foi o texto que mais gostei de todos que li do autor, o que, creio, já vale a pena a leitura dessa seleta de textos reunidos em “A Vida não é útil”.

Àqueles que não sabem, “O Amanhã não está à venda” foi escrito durante a pandemia do COVID-19, e nele, Ailton Krenak tece duras e necessárias críticas ao comportamento humano destrutivo de seu próprio lar (nossa Terra). Este é, para mim, o texto mais claro do autor, que tem um verdadeiro cunho de carta, e talvez por isso eu o aprecie em sua forma escrita. Não que os demais textos não sejam excelentes (como os de “Ideias para Adiar o Fim do Mundo”), mas ele se destacou realmente por sua lucidez em comparação aos outros.

Em “A Vida não é útil”, ele retoma suas reflexões e discursos gerados em meio à pandemia, criticando nossa equivocada noção de humanidade, nosso consumismo compulsivo e descontrolado, nossa falta de escuta e respeito àqueles que sempre tiveram o que ele chama de “memória ancestral”, ou seja, que pensam nas florestas, por exemplo, como entidades.

Selecionei algumas passagens do livro para quem quiser ter uma breve noção, muito embora a leitura do livro em si seja muito rápida:

“Se parte de nós acha que pode colonizar outro planeta, significa que ainda não aprenderam nada com a experiência aqui na Terra”.

“É mais ou menos o seguinte: se acreditamos que quem apita nesse organismo maravilhoso que é a Terra são os tais humanos, acabamos incorrendo no grave erro de achar que existe uma qualidade humana especial. Ora, se essa qualidade existisse, nós não estaríamos hoje discutindo a indiferença de algumas pessoas em relação à morte e à destruição da base da vida no planeta.”

“A proposta de desacelerar nosso uso de recursos naturais pode sugerir a ideia de adiar o fim do mundo, mas em alguns lugares, esse fim já aconteceu […]. “Ah, mas isso é muito apocalíptico, ele está apavorando a gente!” Na verdade, estou dando notícias velhas. Inclusive nas religiões dos brancos […] na cosmovisão dos brancos também já houve um fim de mundo, [mas] eles olham para nós com estranhamento quando falamos disso porque não têm memória.”

Espero que esses trechos tenham despertado o interesse pela leitura de vocês, ou pelo menos para que acompanhem o trabalho desse pensador pelas redes e mídias sociais, já que há muito material disponível também em vídeo (Youtube). Da minha parte, eu continuo convicta de que preciso ler tudo que ele publicar!

Você já leu algum texto de Ailton Krenak? Se ainda não leu, deveria. É o tipo de leitura que pode incomodar mas ao mesmo tempo nos fazer repensar nossa relação com o mundo, nossas atitudes e, claro, nossa ideia de humanidade. É tarde para mudarmos? Com certeza, mas pior será não mudarmos nada depois da pandemia. Concorda?


Dados Técnicos do Livro:

Formato: eBook Kindle
Autor: Ailton Krenak
Editora: Companhia das Letras (7 de agosto de 2020)
Número de páginas: 81 páginas – Tamanho do arquivo: 1490 KB
ASIN: B08DK93TC2
Exemplar lido através da plataforma NetGalley, em parceria com a editora Companhia das Letras. Adquira o seu preferencialmente pelo site da editora.

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s