A Trança – Laetitia Colombani

Leitura de novembro do @clubedocuringa: A trança – Laetitia Colombani 

Tal como uma trança, neste livro, três histórias de três mulheres completamente diferentes irão se cruzar. O livro começa na Índia, mas também passa pela Itália e pelo Canadá. 

A trama formada por essa tríade é logo revelada, ficando muito claro para o leitor em que pontos as narrativas se encontrarão, e, assim, o livro segue sem maiores surpresas. 

O livro me fez pensar em duas coisas:

1) Se você tem uma história que acredita deva ser contada, vá em frente, com a cara e a coragem, e conte. Algo de positivo com certeza sairá disso.

2) E o saldo positivo para mim foi justamente refletir sobre como a minha vida pode se tocar com a vida do outro. Mas nesse quesito, eu indicaria a leitura de Gente Ansiosa (Fredrik Backman), que é simplesmente pura riqueza de detalhes. 

A autora inicia o livro muito bem, mas em um determinado ponto parece se perder, e a trança, que deveria ser composta por três partes mais ou menos iguais, acaba priorizando apenas uma delas (a menos interessante, diga-se de passagem), deixando as outras duas sem um desfecho verdadeiro. E, a meu ver, quanto mais vulnerável a personagem, mais aquém de uma solução fica sua narrativa.

Ainda que não tenha sido a intenção da autora, esse desequilíbrio de forças no foco narrativo me pareceu de alguma forma desrespeitoso. Desrespeito à personagem, que foi abandonada, não num final aberto, mas num final inexistente, como se indigna fosse de voltar a se pensar nela, uma vez que o ponto de sua história chega onde tinha que chegar para se entrelaçar com a da outra. Isso me incomodou muito. 

A edição está belíssima, e, para quem gosta de uma estante esteticamente agradável pela opulência, essa é uma escolha acertada. Mas sinceramente? Essa beleza toda acabou por elevar demais minhas expectativas, e o resultado foi uma frustração inesperada. 

A leitura, porém, continua super válida, ainda mais se você tiver pessoas tão diferentes e maravilhosas como no nosso clube para debatê-la ao final. Sempre enriquecidor.

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s