Respondendo TAG – Leitor eclético

Faz um tempinho já que não respondo tags aqui no blog, mas tempos atrás vi no Blog das Tatianices uma que me interessou bastante: a tag do leitor eclético.

Tag criada pelo Canal Palavras Radioativas, mas cujas respostas só conferi mesmo as da Tati, acima. Vamos lá?

Favoritos: livros completamente diferentes, mas favoritados mesmo assim

*Consultando rapidamente meu Goodreads*, só para colocar as leituras mais recentes e com resenhas aqui, temos: The Dragon Tea Society (#1), uma HQ lindíssima e fofíssima de fantasia; Without you, there is no us – my time with the sons of North’s Korea elite, um não-ficção, de jornalismo imersivo da escritora Suki Kim, trazendo seus relatos como uma jornalista disfarçada de professora, lecionando para os filhos da elite burocrática Norte-coreana; e, que tal, para terminar, Interestelar, um livro de ficção científica, que é na verdade, o roteiro romantizado por Greg Keyes, do filme homônimo, com o ator premiado do Oscar Matthew McConaughey.

Do clássico à “bagaceira”: um livro aclamado e outro nem tanto assim.

Hmmm, estou tendo dificuldades em pensar o que seria bagaceira para os propósitos desse post. Não curto o termo, e acho que até por isso ele está entre aspas, paras perder sua conotação depreciativa. Resolvi usar bagaceira aqui como “desconhecido”, em oposição ao clássico, já que clássico, pelo menos de nome, todo mundo já ouviu falar.

Prosseguindo então, digamos que por aqui você vai encontrar tanto resenha de livros como A Insustentável Leveza do ser (meu post mais visitado do blog, aliás), como de livros de autores amigos e conhecidos, com publicação independente, pela Amazon, por exemplo. Um que eu amo é o conto Esferas do meu amigo Rodrigo Lucas.

Leio de tudo, mas esse tem mais: o gênero literário que predomina na sua estante

Ainda que eu diga que eu leio de tudo, meu gênero favorito é sem dúvida dramas familiares, não importa em que contexto: romance contemporâneo, romance histórico, biografia… o que eu gosto mesmo é de ler sobre as muitas diferentes e ao mesmo tempo semelhantes dinâmicas familiares. O último do gênero, por exemplo, foi Us Against You, do Fredrik Backman, e eu amei!

Amo e odeio: um livro queridinho, mas que tem alguma característica que, para você, foi desagradável

Olha, se tem um livro que eu não curti, mas se você sentar e quiser falar comigo sobre o livro, podemos passar horas falando, acho que seria “Pessoas Normais” da Sally Rooney.

A TBR da farofa: a meta literária do leitor eclético. Suas próximas leituras de livros diferentes

Não garanto para esse ano, até porque, né, faltam apenas 2 meses para acabar, mas ainda gostaria de incluir nas minhas próximas leituras, lembrando que esses listados abaixo são livros que já tenho (ou tenho quem me empreste):

Minha HistóriaMichelle Obama (Autobiografia)

A casa dos espíritosIsabel Allende (Romance; realismo mágico)

Entregas expressas da Kiki Eiko Kadono e Daniel Kondo (literatura infantojuvenil japonesa)

Os registros estrelares de uma notável odisseia espacial Becky Chambers (Sci-fi)

Pedagogia da autonomiaPaulo Freire (Pedagogia e práticas de ensino)

Tudo é RioCarla Madeira (romance; ficção de gênero)

Acho que deu para ter uma ideia das diferentes leituras que quero fazer.

O que acharam dos meus gostos? Nem tão ecléticos assim ou bem fora do que você está acostumado a ler? Me conta quais são os 2 livros mais diferentes em gênero que você já leu.

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s